Páginas

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Ontem, hoje e amanhã

E tem aquela pessoa, que a simples presença dela, já te faz ficar desnorteado, sem saber o que fazer.
Aquela pessoa que quando está perto de você, você fica olhando cada detalhe dela, admirando, contemplando. Perdido no meio dela, perdido nela.
E então você sente que não existe mais nada ao seu redor. É como se só existisse ela. Parece que o mundo sumiu e restou apenas os dois.
Abraço? Beijo? Dar a mão? Sim, se tem vontade de tudo e ao mesmo tempo.
Você quer abraçar, você quer beijar, quer dar a mão, quer tocar. É como se você quisesse transformar, vocês dois em um só.
Então, o olhar dela cruza o seu. E você passar a ser o centro da atenção dela. Pronto, você sente seu coração vir na boca.
Sim, isso é o amor.
E engraçado que pode acontecer o que for, que nada muda isso. Você pode conhecer outra(s) pessoa(s), pode perder o contato com ela, pode ficar tempo sem vê-la. Mas basta um mínimo de contato e tudo que você acha que pode fazer seu coração esquecer, mostra que está ali, está vivo e forte.
A verdade é que quando o amor é verdadeiro, quando ele vem do coração, da forma mais pura e sincera, não há nada que o faça desistir ou sumir.
É assim, o meu amor por você.
Ele era assim ontem, é assim hoje e será assim amanhã.
Porque o amor verdadeiro, ele fica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário