Páginas

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Quem sabe?

É, o tempo passou e eu acabei me acostumando em não ter mais você.
Sei que cada um tem o direito de escolher qual caminho seguir. Mas sei lá, é estranho.
Por mais que eu me acostume, a saudade ficou. O amor ficou. Seu sorriso ficou em minha mente. Assim como todos os nossos momentos.
Sei que você tá feliz. E provavelmente está realizada. E sinceramente, eu fico feliz. Mas mesmo assim, é estranho.
Eu sempre tive a certeza que iria te fazer feliz. E sabe o que é mais engraçado? Eu ainda acho.
Mas tudo bem. Assim como me acostumei em não estar mais com você, irei me acostumar com a saudade. Até porque ela virou minha melhor amiga. Companheira fiel de todos os dias. O pior nisso tudo é o coração. Ele não se acostuma e às vezes fica tão mal, que ele faz o sentimento transbordar pelos olhos.
E não diga que o tempo irá ajudar. Nesse caso, ele não ajuda. Desde quando o tempo ajuda um coração a deixar de amar? Pois é, não tem como. Ele seguirá te amando, seguirá sentindo sua falta.
Mas esperança é a última que morre. Quem sabe um dia, você lembre de mim e resolva me dar uma chance?
Sonhar não custa nada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário