Páginas

domingo, 15 de janeiro de 2012

Amo você eternamente

Meus olhos perdidos, vagando no meio da multidão até o momento em que ele cruza com o seu. Então, de perdidos eles passam a ser fixos em você. Mãos suando, frio na barriga. Até o momento em que você para na minha frente. Mãos começam a tremer e não aguentando mais, te abraço forte, lágrimas rolam, te olho nos olhos novamente e te beijo. Sim, amo você eternamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário