Páginas

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Eternamente

Até que a morte nos separe é muito pouco pra mim. Preciso de você por mais de uma vida. Eternamente!
E a distância faz com que a gente precise um do outro, cada vez mais.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário