Páginas

terça-feira, 5 de julho de 2011

Diário de um certo alguém




Diário de um certo alguém.

Ele procurava ocupar seu tempo, para que seu pensamento não voltasse no que ele tenta não pensar. Ele se ocupava de todas as formas, mais parece que nada funcionava.
Ele foi ao mercado e quando procurava o que queria, uma senhora, chegou perto, pedindo ajuda e depois de tê-la ajudado, a senhora falou: " Meu filho, ela vai voltar. Confie. " . Fato que o que ele tentava esconder, estava estampado em seu olhar. E o pensamento voltou a tona.
Foi quando ele percebeu que só tinha um único jeito de não pensar nela: era quando ele estava com ela.


"Você não parece tão triste em relação à isso."
"É por que eu já chorei, lembra? Além do mais, não é como se nós nunca fôssemos nos
ver novamente. Foi isso que eu finalmente me dei conta. É, vai ser difícil, mas a vida passa
rápido-nos veremos de novo. Eu sei disso. Posso sentir. Do mesmo modo que posso sentir o
quanto você se importa comigo e o quanto eu amo você. Meu coração sabe que isto não
acabou e que nós vamos superar isso. Muitos casais superam. Também, muitos casais não
superam, mas eles não têm o que nós temos." - Querido John

Nenhum comentário:

Postar um comentário